Quando a recrutadora da Michael Page, Melanie Wallace-Smith, se tornou diretora, consolidou a sua posição enquanto dirigente no seio da empresa. O seu percurso profissional demonstra que a chave para o sucesso consiste na construção de um futuro profissional numa empresa que valoriza a flexibilidade e o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal.

A sua carreira tem sido um destino ou mais uma viagem?

Uma viagem – e uma viagem que tem sido bastante flexível para mim! Comecei a minha carreira em Melbourne como consultora e depois mudei-me para Adelaide. Aí desempenhei a função de diretora comercial, por isso, desenvolvi contas e ganhei novas contas. Após dois anos e meio, regressei a Melbourne onde geri uma equipa durante três anos antes de tirar a licença de maternidade.

Sempre gostei muito de gerir equipas e de consultoria, no entanto, quando regressei para trabalhar a tempo parcial, em 2016, era difícil ser bem-sucedida em ambas as situações. Tornar-me diretora era algo em que pensava há muito tempo depois de ter trabalhado em diferentes mercados durante 10 anos, por isso, fiquei entusiasmada quando aconteceu.

Teve algumas reservas relativamente a assumir uma função superior dados os seus compromissos?

De modo algum. Como a minha filha tem agora dois anos, encontrei finalmente o equilíbrio perfeito entre a vida profissional e pessoal. Estou de volta a tempo inteiro – e voltei a ter uma noite inteira de sono, o que fez toda a diferença! Demorei algum tempo a encontrar o equilíbrio, mas agora que o encontrei, estou pronta para enfrentar desafios.

O trabalho dinâmico ajudou-a a gerir a sua carreira e a desfrutar da sua vida familiar?

Foi essencial. Em última análise, permite-me estar presente nas atividades familiares importantes e proporcionar aos meus clientes e candidatos o mesmo serviço que sempre lhes proporcionei. De facto, o meu nível de serviço é melhor uma vez que me conecto frequentemente à noite – pois tenho a flexibilidade de que necessito.  

Que desafios podem algumas mulheres enfrentar ao gerir uma carreira e a vida familiar?

Tem de ter a confiança do seu gestor e da sua equipa de liderança. Sem este aspeto, há um maior desafio.

O seu gestor deve estar aberto a adotar pequenas mudanças como um horário de trabalho flexível, partilha do trabalho, uma menor gestão da colaboradora ou mesmo trabalhar com um mercado diferente. Não tenha medo de perguntar ao seu empregador para verificar se existe flexibilidade na sua função atual, em vez de mudar simplesmente para algo "mais simples".

Quais são as suas cinco principais dicas para a manutenção de um equilíbrio entre a vida profissional e pessoal?
 

  • Trabalho remoto: tal permite-lhe trabalhar a horas invulgares e em diferentes locais, o que significa que pode ir levar as crianças, dar-lhes banho, ler livros e realizar todo o seu trabalho.
  • Ser altamente organizado: realize listas de tarefas para o seu trabalho diário. Siga-as e vá para casa quando as tiver terminado!
  • Dedicar tempo à família: não trabalho às sextas-feiras nem aos fins de semana que estão sempre reservados para a família.
  • Trabalhar de forma mais inteligente: trabalho desde o momento em que chego até ao momento em que saio – sem tempo desperdiçado no trabalho para garantir menos tempo em casa a trabalhar.
  • Gerir as expectativas: nem sempre pode trabalhar as horas que costumava – desde que esteja a fazer o seu melhor e a gerir o seu tempo e as suas expectativas está a fazer o suficiente!

Procura um projeto?

Encontre as melhores oportunidades no nosso website.

Candidate-se
Mantenha-se atualizado
Para que possamos ajudá-lo a construir uma carreira sólida, sugerimos que receba uma atualização semanal gratuita do novo conteúdo no seu e-mail.