As empresas de Engineering and Manufacturing estão a investir em processos operacionais tecnológicos. Neste contexto, os líderes procuram profissionais com as competências certas para que ocorra uma transformação bem-sucedida e um incremento dos resultados financeiros. Estas competências incluem:

1. Lean manufacturing

A maximização da eficiência e a minimização de custos são os principais focos das empresas para conseguirem aumentar o seu lucro. As empresas procuram colaboradores que possam sistematicamente acrescentar valor, reduzir custos e melhorar os processos de Manufacturing. Em particular, a experiência em metedologias lean, como o Six Sigma Black Belt, são muito procuradas.

2. Gestão de mudança e transformação

Com as alterações que a tecnologia está a provocar no setor, as empresas procuram decision-makers com perspetivas de mudança e competências estratégicas que possam ajudar a mudar o rumo através da inovação, utilização de novas tecnologias e processos de trabalho ágeis.

3. Desenvolvimento de produto

As marcas competem para serem as primeiras a apresentar ao mercado novos produtos inovadores, aumentando simultaneamente a quota em produtos existentes. Neste contexto, verifica-se uma grande procura por talento com especialização em desenvolvimento de novos produtos – particularmente nas empresas de FMCG.

4. Realização de processos

Devido aos avanços tecnológicos e aos processos de automação do setor, existe uma necessidade por parte das empresas numa gestão de processos extremamente eficaz. Assim, as organizações procuram profissionais com competências para desenvolver processos que incrementem os resultados, reduzindo os custos de produção.

5. Adaptabilidade

Num ambiente em constante mudança, a capacidade de adaptação a novas situações, projetos e métodos de trabalho é crítica. Demonstrar que consegue mudar o foco rapidamente quando necessário irá ajudar a provar o seu valor a longo prazo.

6. Abordagem democrática de liderança

As estruturas hieraquizadas de forma rígida estão desatualilzada. Todos os sectores, e Engineering and Manufacturing não é exeção, procuram uma liderança mais democrática emelhor alinhada com a nova geração de colaboradores. Estes profissionais sentem-se mais confortáveis com métodos de trabalho participativos e colaborativos. As empresas também beneficiam destes métodos pois através deles podem surgir ideias que não teriam ocorrido às chefias de outro modo. Os melhores especialistas já não são necessariamente managers. Este

princípio está cada vez mais a cair em desuso. O conhecimento profissional é obviamente requisitado, mas boas competências pessoais e sociais são igualmente importantes para gerir uma equipa.

7. Gestão de múltiplos projetos

Uma abordagem multi-tasking é cada vez mais necessária à medida que se multiplicam os projetos de grande dimensão, especialmente através de foreign direct investment (FDI). Os projetos tecnológicos de grande escala requerem sólidas competências de gestão de projetos e a capacidade de gerir várias coisas ao mesmo tempo. Um profissional que controle custos e que faça uma gestão eficiente continua a ser muito importante no clima atual. Para obter margens de lucro elevadas, as empresas necessitam do melhor talento com especialização em planeamento estratégico e tático.

8. Atenção ao detalhe

A atenção aos detalhe é uma competência muito valorizada em todas as empresas, a todos os níveis. Num mundo com um ritmo acelerado, os profissionais que são perfecionistas no seu trabalho e que têm orgulho em ter atenção ao detalhe são muito valorizados. Podem marcar uma grande diferença na empresa e, com a capacidade de encontrar anomalias ou tendências nos dados, podem realizar relatórios para encorajar uma mudança positiva, crucial para o sucesso do negócio.

9. Responsabilidade

Em Engineering and Manufacturing, é importante seguir o calendário de produção para que os prazos e expectativas de colegas, investidores e clientes sejam cumpridos. Se uma parte fundamental do processo não tiver uma pessoa responsável pode afetar a produção e faturação geral. Ter uma compreensão clara do significado de responsabilidade e demonstrá-la, através de de qualidade ou padrões regulamentares, leva a um melhor controlo da qualidade dos processos.

10. Abordagem focada no cliente

Com o desenvolvimento constante de novos produtos, as empresas que se querem destacar num meio competitivo devem gerir as expectativas do cliente, para garantir que este permanece satisfeito e fiel à empresa. Esta realidade torna a experiência e orientação para clientes numa competência altamente valorizada.

Mantenha-se atualizado
Para que possamos ajudá-lo a construir uma carreira sólida, sugerimos que receba uma atualização semanal gratuita do novo conteúdo no seu e-mail.