Está à procura de um bom programador de TI? Estas são as 5 áreas mais importantes em que precisa de se concentrar na descrição de função.

Um programador de TI, também conhecido como engenheiro de desenvolvimento de software, programador informático ou engenheiro de software de TI, é um especialista em linguagens de programação (Java, C, Python, C++, JavaScript, C#, PHP, .Net, R, etc.) e criação de software. As tarefas, a formação, o salário e as perspetivas de desenvolvimento: dizemos-lhe tudo o que precisa de saber sobre a função de programador de TI.

1. As principais responsabilidades da função na sua empresa

Um programador de TI cria programas personalizados com base numa especificação acordada com o seu cliente e incluindo todos os requisitos e características técnicas específicas. Supervisiona a conceção de programas de TI e a monitorização regular pós-lançamento, desde a manutenção de software à atualização e melhoria. Também pode assumir a responsabilidade pela formação de utilizadores e redação de guias de utilizador para ajudar na adoção da aplicação.

2. As tarefas mais importantes

Identificar e analisar os requisitos de utilizador para elaborar um projeto perfeitamente correspondente às expectativas do cliente:

· Definir possíveis soluções técnicas em linha com a especificação

· Criar uma versão beta do software planeado e efetuar uma série de testes para identificar e resolver potenciais problemas

· Programar a versão final do software e apoiar o lançamento

· Oferecer suporte técnico aos utilizadores, proporcionando sessões de formação, se necessário

· Efetuar a monitorização para efeitos de manutenção corretiva e evolutiva

· Melhorar programas de TI e adaptá-los aos requisitos de utilizador

Hoje em dia, graças ao software de programação pronto a utilizar padrão (pacotes de software), um programador de TI pode concentrar a respetiva atividade na análise em vez de criar programas.

3. A formação académica que o cargo exige

No caso de algumas funções, pode procurar jovens candidatos com qualificações ao nível do 12º ano e experiência, mas é necessário um mestrado ou a frequência de uma escola de licenciatura em engenharia para funções superiores ou mais complexas.

Com arevolução digital, um programador de TI precisa de mostrar capacidade de adaptação, tirar partido da formação contínua para manter o seu conhecimento atualizado. Um conhecimento técnico aprofundado de linguagens de programação e informáticas constitui um pré-requisito essencial para esta função.

4. As competências sociais necessárias

Além de ter competências técnicas, um programador de TI tem de ser disciplinado, organizado e capaz de trabalhar por conta própria. Este também tem de ter um forte espírito de equipa, com a capacidade de dar resposta aos requisitos com velocidade e precisão. A criatividade também constitui um ativo para encontrar soluções inovadoras. Os recrutadores valorizam muito um bom nível de inglês técnico, especialmente ao nível da compreensão escrita.

5. A oferta salarial

Os salários no setor de TI variam de acordo com os níveis de formação, a função e o setor, mas um programador de TI de nível inferior está à espera de um salário anual bruto de 35 000 €, ao passo que um candidato mais experiente pode esperar um salário até 70 000 €.

Mantenha-se atualizado
Para que possamos ajudá-lo a construir uma carreira sólida, sugerimos que receba uma atualização semanal gratuita do novo conteúdo no seu e-mail.