Não é surpresa que uma boa entrevista de emprego é um fator fundamental para determinar se um candidato é ou não contratado. Embora o processo possa parecer intimidante, esta é a sua oportunidade para exibir a sua personalidade e os seus pontos fortes. Ajude a combater receio próprio da experiência com uma boa preparação. Compilámos uma lista de perguntas comuns, colocadas na maioria das entrevistas, para ajudá-lo(a) a tirar o máximo partido da sua próxima entrevista.

Pode falar-me de si?

Esta é, muito frequentemente, a primeira pergunta que lhe será feita numa entrevista. Por se tratar de uma pergunta algo vaga, utilize-a como uma oportunidade para mencionar os destaques na sua carreira, bem como alguns elementos de informação pessoal. Não precisa – nem deve – entrar em demasiados pormenores, mas o seu entrevistador tem curiosidade a seu respeito como um potencial colaborador, mas também como pessoa. Sinta-se à vontade para falar na família, nos seus passatempos, há quanto tempo trabalha no seu cargo atual, etc. Forneça apenas informações que esteja à vontade para partilhar.

Porque está interessado(a) neste emprego e nesta empresa?

É muito provável que esta pergunta seja colocada. Utilize-a como uma oportunidade para apresentar o seu conhecimento sobre a empresa e a sua história, visão, princípios e valores. Explique de que forma se adaptaria a essa realidade e como as suas habilitações seriam certas para a função. Poderá ter de fazer algum trabalho de casa para responder a esta pergunta da melhor forma, mas confie em nós, vale a pena.

Qual é o seu maior ponto forte? O seu maior ponto fraco?

A sua resposta a estas duas perguntas de entrevista muito comuns diz ao entrevistador muito a seu respeito. Não seja tímido(a) ao falar dos seus pontos fortes. Diga a verdade, mas não se gabe: há uma diferença clara entre ser autoconfiante e ser arrogante! Quanto a referir os seus pontos fracos, uma vez mais seja honesto(a), mas sem ser demasiado duro(a) consigo. Apresente problemas que possam ser corrigidos. Mencionar falta de conhecimento acerca de um programa informático ou assunto é uma boa ideia, pois pode sempre fazer um curso para aprender mais a esse respeito.

O que o torna o candidato ideal para esta função?

Esta é a sua oportunidade para referir as suas habilitações. Resuma ao entrevistador os seus destaques profissionais e académicos. Deve mencionar também características pessoais que possam ser atraentes, tais como pontualidade, fiabilidade e vontade de aprender. Diga ao entrevistador que as suas intenções acerca da função são sérias e expresse o seu desejo de fazer parte da sua equipa.

Coloque estes conselhos em prática no seu próximo processo de recrutamento. Candidate-se às oportunidades que se adequam ao seu perfil.