Como planeia promover o seu perfil junto dos potenciais empregadores ao candidatar-se a um projeto? A procura pelo seu perfil pode ser elevada - mas a concorrência é forte! Ter a experiência certa  pode não ser suficiente - apele ao especialista em marketing que há em si para obter resultados!
João Santos, Consultor Sénior Michael Page Engineering & Property, afirma "Num mercado aberto em quase todas as funções da Engenharia, os profissionais desta área são constantemente atraídos pelas  empresas que valorizam os seus conhecimentos técnicos essenciais ao desempenho de determinadas funções."
No entanto, não é apenas o know-how técnico que é valorizado. As soft-skills são cada vez mais importantes.  
Eis seis maneiras de se promover a si próprio de forma eficaz para um público das áreas de engenharia e produção industrial: 

1. Entender o seu público

Conheça o seu potencial novo empregador, fazendo pesquisas de mercado para entender o que procuram. Tente definir as competências, conhecimentos e tipos de candidatos que as empresas de topo mais valorizam. Fale com funcionários no ativo ou antigos para obter uma perspetiva interna da empresa. Na entrevista, mostre que pesquisou a empresa para poder adaptar as suas perguntas e respostas às atuais atividades da empresa.

2. Melhore as suas competências

Analise todas as suas competências no sentido de identificar eventuais lacunas de conhecimentos que possam impedir a sua evolução, e tente receber formação em áreas onde não tenha experiência. Foi recentemente rejeitado para um emprego? Educadamente, peça feedback à empresa ou ao seu entrevistador procurando saber quais os aspetos do seu currículo ou da sua experiência considerados insuficientes. 

3. Identifique o seu argumento-chave de venda 

O que o faz destacar na multidão? Dos muitos aspetos positivos do seu currículo, selecione um ou dois que o façam parecer diferente e destaque-os. Por exemplo, o conjunto de experiências profissionais anteriores, a combinação da sua formação académica com experiência prática, ou interesses pessoais relevantes e interessantes que o posicionem como alguém com interesse. Use este argumento-chave de venda nas suas candidaturas escritas e entrevistas com empregadores.

4. Lembre-se de vender as suas competências pessoais

Nos setores de engenharia e produção industrial, os candidatos assumem frequentemente que os seus conhecimentos técnicos são suficientes para lhes garantir cargos de topo. É claro que os deve demonstrar - e mostrar que é equilibrado e tem ótimas competências pessoais, tais como capacidade de comunicação, potencial de liderança e pensamento lateral.

5. Mantenha-se atualizado

Conheça os avanços e a evolução registados nas áreas de engenharia e produção industrial - o conhecimento específico do setor e das tendências atuais é sempre muito apreciado. Trabalhe na formulação de uma visão interessante e abrangente do setor!  

6. Crie a sua rede

A Web facilitou a ligação e a manutenção de relações com várias pessoas das áreas da engenharia e produção industrial. Mantenha contactos regulares com a sua rede e participe em eventos do setor para conhecer pessoas e estabelecer relações reais - uma ferramenta fundamental e eficaz de autopromoção.
João Santos conclui: "Grande parte das funções, ainda que técnicas, carecem de um grande jogo de cintura pela transversalidade que implicam, isto é, desde o contacto com cliente, negociação, trabalho em equipa e apresentação consistente de resultados por objetivos são características do mercado atual."  

Procura um projeto?

Encontre as melhores oportunidades no nosso website.

Candidate-se
Mantenha-se atualizado
Para que possamos ajudá-lo a construir uma carreira sólida, sugerimos que receba uma atualização semanal gratuita do novo conteúdo no seu e-mail.