A maioria dos candidatos portugueses não está consciente da importância de incluir informação sobre os seus contactos digitais, como um endereço de Skype ou perfis das redes sociais, nos seus CVs.

Mais de metade dos candidatos (54%) não considera importante incluir os seus perfis das redes sociais no seu CV, com quase  ¼ dos inquiridos (23%) a indicar até que considera que esta indicação iria prejudicar o seu CV. Esta percentagem contrasta com as respostas dos recrutadores, cuja maioria (68%) considera que esta informação torna o CV mais forte, apresentando o candidato como mais transparente.

Esta é apenas uma das conclusões do nosso mais recente estudo, O que Realmente Importa num CV, no qual participaram 4,245 candidatos e 619 consultores de recrutamento de toda a Europa.

Para ver o que deve incluir no seu CV, clique no CV interativo apresentado abaixo:

Tenha uma boa reputação digital

“Os empregadores estão muito interessados nos perfis das redes sociais dos candidatos”, indica Vasco Salgueiro, Senior Manager Michael Page Finance. “Estes permitem aos recrutadores ter uma perpectiva mais aprofundada do carácter do profissional. Este talvez seja um dos motivos pelos quais os candidatos consideram que incluir o perfil do Facebook no seu CV pode prejudicar as suas hipóteses de sucesso. Receiam que a imagem transmitia pelos seus posts possa estar em conflito com a imagem que gostariam de passar na entrevista. Aconselho os profissionais a  incluir o link para o seu perfil de Facebook no CV, tendo cuidado com a postura adoptada nesta rede social.

Gostaria de saber como pode criar uma boa reputação digital? Consulte o nosso Guia Prático de Reputação Online.

Inclua um endereço de Skype

É curioso também verificar que 84% dos consultores considera importante indicar um endereço de Skype no documento, descendo esta percentagem para 51,2% no caso dos candidatos. Um dado que demonstra que o recurso a ferramentas digitais nos processos de recrutamento ganha cada vez mais importância junto dos consultores, uma vez que facilita o contacto com os profissionais, ampliando a eficiência dos processos e reduzindo o tempo de resposta junto quer dos clientes e dos candidatos.

“O Skype é uma ferramenta muito frequentemente utilizada pelos recrutadores para realizar entrevistas de emprego”, explica Vasco Salgueiro. “De um modo geral, os candidatos deveriam ter mais consciência da importância de integrar a sua presença online no CV. A época em que o CV era apenas uma folha de papel estática terminou”.

Pretende candidatar-se a uma oportunidade? Clique aqui.