You are here

Entrevista baseada nas competências

As entrevistas baseadas nas competências podem fornecer aos empregadores um conhecimento detalhado acerca do modo como um candidato poderá realizar qualquer tarefa atribuída e se possui a experiência e competências pretendidos.

No enquadramento

O enquadramento das perguntas baseadas nas competências – relevantes para uma função ou organização – irá permitir-lhe avaliar se os candidatos apresentam um nível satisfatório num vasto leque de competências, como: liderança, comunicação, capacidade de decisão, delegação, tomada de riscos, trabalho em equipa, etc.

Quais são os indicadores?

Embora os empregadores tenham seguramente uma ideia clara do tipo de candidato que procuram, o processo de analisar candidatos em função das suas respostas a perguntas baseadas nas competências pode revelar-se o supremo fator decisivo.

Por exemplo, uma pergunta relativamente simples como: “Fale-me de uma ocasião em que identificou uma nova abordagem a um problema”, deverá permitir medir-lhe numa escala de um a cinco se um candidato não tem “nenhuma competência/experiência” ou se tem uma “competência/experiência excelente” na área relevante.

É igualmente possível medir os pontos fortes e fracos de um candidato através das suas respostas ao avaliar se demonstra vontade de aprender, capacidade para ter um alto desempenho ou se mostra uma abordagem negativa a uma tarefa.

Perguntas de competência essenciais

Com cerca de 40 anos de experiência no recrutamento, conhecemos o valor de entrevistas baseadas em competências, pelo que elaborámos uma lista de perguntas de competência essenciais, agrupadas em cinco áreas principais.

·         Competências individuais

Estas referem-se à flexibilidade, capacidade de decisão, tenacidade, conhecimento, independência, tomada de riscos e integridade pessoal do candidato.

Uma pergunta típica poderá ser: Fale-me de uma ocasião em que o seu trabalho ou ideias foram questionados.

·         Competências de gestão

Estas referem-se à capacidade do candidato para ser responsável por outras pessoas e à sua liderança, capacitação, pensamento estratégico, sensibilidade empresarial, gestão de projetos e controlo de gestão.

Uma pergunta típica poderá ser: Fale-me de uma ocasião em que chefiou um grupo para alcançar um objetivo.

·         Competências analíticas

Estas referem-se às capacidade de tomada de decisão, inovação, competências analíticas, resolução de problemas, aprendizagem prática e atenção ao pormenor do candidato.

Uma pergunta típica poderá ser: Fale-me de uma ocasião em que identificou uma nova abordagem a um problema.

·         Competências interpessoais

Estas referem-se às competências sociais, liderança e capacidade para trabalhar em equipa do candidato.

Uma pergunta típica poderá ser: Descreva uma situação em que levou pessoas a trabalharem em conjunto.

·         Competências motivacionais

Estas referem-se ao dinamismo, resiliência, energia, motivação, orientação para resultados, iniciativa e foco na qualidade do candidato.

Uma pergunta típica poderá ser: Quando trabalhou mais arduamente e teve a maior sensação de realização?

E finalmente

Ao conduzirem uma entrevista baseada nas competências, os empregadores devem procurar respostas autênticas para analisarem quando os candidatos estão a ser eles próprios, fornecendo exemplos da vida real que estão relacionados com as suas experiências reais de vida e trabalho. Lembre-se que estas não são perguntas com rasteira; destinam-se a criar a melhor correspondência possível entre um indivíduo e uma organização.