As redes sociais têm um papel importante nas nossas vidas e alteraram por completo a forma como comunicamos. No entanto, o seu alcance é muito mais do que simplesmente social. Plataformas como o LinkedIn são ferramentas ideais para a procura de emprego. Apresentamos os nossos melhores conselhos para garantir que utiliza as redes sociais em seu benefício na procura de um novo emprego. 

Quais as vantagens das redes sociais na procura de emprego?  

No mercado de trabalho atual, enviar o currículo como candidatura a uma função pode já não ser suficiente. As redes sociais tornaram-se uma ferramenta importante que recrutadores e empresas utilizam para obter informações sobre candidatos, conseguindo perceber melhor como são.  
Mais de 70% dos recrutadores visualizam os perfis das redes sociais dos candidatos e quase 60% não contratam candidatos devido ao que encontram nos seus perfis. A utilização devida das redes sociais deve ser uma parte importante na sua estratégia de procura de emprego. 
Não criar um perfil nas redes sociais para evitar ser avaliado também não é uma boa ideia. Se um recrutador ou empresa não consegue encontrá-lo, pode passar por alguém que não está atualizado sobre o mundo profissional.  
Tente ter a seguinte perspetiva: as redes sociais são uma oportunidade para mostrar quem é e para pensar no que pode acrescentar para além do seu CV. Veja-as como cartões de visita, disponíveis para um maior número de profissionais, permitindo-lhe:
Construir a sua reputação online 
Identificar oportunidades de emprego 
Comunicar com alguém que o possa referir a potenciais empregadores

Quais as redes sociais que deve utilizar? 

LinkedIn 

Comparativamente às outras plataformas, o LinkedIn é a rede social para profissionais, sendo que a maioria do conteúdo está relacionada com o mundo corporativo. 
No LinkedIn pode seguir pessoas e comunicar com outros profissionais para criar uma rede de contactos no seu setor, aprofundar os seus conhecimento sobre a sua função e obter inputs do melhor talento na sua área. 
As recomendações pessoais são uma grande mais-valia. Para mais informações sobre como criar o perfil do LinkedIn perfeito, clique aqui.  

Twitter 

O Twitter não permite adicionar opções de emprego, por isso pode não ser a escolha mais obvia. No entanto, é uma plataforma muito interessante para empresas e recrutadores encontrarem candidatos ambiciosos e comprometidos.  
Como esta rede é conhecida por permitir um número limitado de caracteres nas publicações, é perfeito para mostrar a sua criatividade. 
Pode também associar a sua conta do LinkedIn ao seu perfil do Twitter. Assim permite um acesso facilitado a mais informação sobre si e o seu trabalho. 

Aperfeiçoe o seu perfil!  

Complete o seu perfil: se quer chamar a atenção de empresas e recrutadores, inclua um histórico completo e sucinto e mencione quaisquer prémios relevantes e formações. 
A sua fotografia de perfil deve ser profissional 
O que coloca no seu perfil deve ser verdadeiro, pois a informação é fácil de verificar 
Destaque-se ao partilhar conteúdo interessante: tente captar a atenção do leitor rapidamente 
Formate o seu perfil utilizando corretamente parágrafos, subtítulos e pontos onde possível  
Repita os títulos das funções que procura no seu perfil, para que tenha uma maior probabilidade de aparecer nos resultados de pesquisa
Se possível (e sabemos que pode ser difícil se estiver a trabalhar de momento) mostre que está aberto a novas oportunidades profissionais. 

Maximize o sucesso da sua procura de emprego nas redes sociais: evite os seguintes erros 

Erros de gramática e de ortografia: conteúdo com este tipo de erros pode prejudicar uma estratégia completa, pois mostra que não está atento aos detalhes. Demore alguns minutos para rever o conteúdo antes de o publicar. 
Evite conteúdo inapropriado: fotografias sensíveis, comentários ofensivos, etc. transmitem uma imagem pouco profissional nas redes sociais. Apesar de redes como o Facebook terem um uso mais pessoal e o LinkedIn uma tónica mais profissional, deve evitar fotografias dúbias e comentários questionáveis em ambas as plataformas. Os recrutadores pesquisam também estas redes sociais para obterem o máximo de informação possível.  
Não faça comentários negativos sobre a sua antiga empresa: criticar outros numa plataforma aberta não o favorece! Partilhá-lo com o mundo numa rede social demonstra apenas uma atitude negativa e ressentida, que não é a impressão que quer dar a um potencial empregador.   
Procure oportunidades online e candidate-se e utilize também as redes sociais. 
Procura um novo passo profissional? Descubras as nossas oportunidades mais recentes