You are here

O que podem os líderes aprender com a Kodak’s Moment

Um dos maiores erros de escalonamento feitos na história das empresas terá sido o momento em que a  Kodak decidiu que as fotografias digitais não seriam uma ameaça imediata ao seu modelo de negócio. Em 1975, um engenheiro da Kodak já tinha inventado a câmara digital, no entanto a empresa decidiu que iria continuar com as películas. O resto, como se diz, é história. Aqui poderá encontrar seis lições que os líderes contemporâneos devem reter se querem evitar o seu próprio “Momento Kodak”.

  • 1.Adapte-se o mais depressa possível às circunstâncias

Numa economia à escala global a competição é uma realidade feroz. Duas crianças inteligentes de qualquer parte do mundo com ligação à Internet e um computador podem gerir um negócio em tempo real. A Kodak teve pelo menos 10 anos para resolver o seu erro inicial, no entanto os líderes da actualidade não terão esse luxo. É necessário que tornem as suas empresas o mais ágeis possível. Mas como?

  • 2.Nunca pare de aprender

Crie um ambiente no qual as pessoas nunca parem de aprender. A nível prático isso implica disponibilizar cursos, workshops e formação. Em websites como o Coursera, Standford Online Courses e Academic Earth poderá aceder a cursos online grátis das universidades premium de todo o Mundo. Esta é a parte fácil. O mais difícil é a nível psicológico: será que os seus colaboradores estão dispostos a experimentar novas formas de aprendizagem e a alargar os seus horizontes? É, de facto, mais fácil dizer do que fazer. Todos nós temos uma tendência natural a limitarmo-nos ao que já conhecemos. Aprender algo novo implica demasiado trabalho. E porque haveríamos de passar por tudo isto se não sabemos se todo este esforço valerá a pena?

  • 3.Não tenha medo de falhar

Não há aprendizagem sem falhar. No entanto se é esperado que os colaboradores estejam sempre a produzir resultados, será provável que eles escolham o caminho mais fácil. Desta forma, assegure que cada um dos seus colaboradores tem liberdade para experimentar, mesmo que nem sempre isso signifique um resultado específico para a empresa. Como criar uma cultura experimental numa empresa?

  • 4.Seja humilde e oiça

Existe uma empresa na qual uma equipa de engenheiros de TI desenvolveu  um novo chip sem informar o seu Manager, uma vez que tinham a certeza que este nunca aprovaria de qualquer forma. Este é o género de situação que deve evitar. Ninguém lhe irá contar nada se não estiver disposto a aprender. Demonstre interesse genuíno e esteja sempre aberto a novas ideias. Como criar  uma empresa disponível para ouvir novas ideias?

  • 5.Aceite a diversidade

Estudos recentes revelam que as  organizações que detêm um maior nível de diversidade se adaptam mais depressa e, por isso, têm mais sucesso. A diversidade não se refere somente aos colaboradores com backgrounds culturais diversos, mas também ao equilíbrio entre género masculino e feminino e diferentes formas de trabalhar dentro da empresa. Os engenheiros de TI não vêm o Mundo da mesma forma que os Coordenadores de Marketing. É por isso que cada equipa irá abordar o mesmo problema de formas diferentes. Como pode assegurar que todas estas diferentes abordagens não entrarão em conflito umas com as outras?

  • 6.Gira a sua equipa como se fosse uma orquestra

Esta é a sua principal responsabilidade enquanto líder moderno. Tal como a personagem Steve Jobs diz no filme com o mesmo nome: os membros da sua equipa são grandes músicos, mas cabe a si orquestrá-la. Cada músico pode ser tão criativo quanto assim o desejar, mas dentro dos limites da música que o líder queira tocar. A única questão a ter em conta é: como saber quando deverá mudar o tom?

Saiba mais

Muitos destes conselhos basearam-se nas conclusões de Edgar H Schein, Professor Reformado do MIT Sloan School of Management.