Coordenador de Segurança em Obra (m/f) - Rodovia

Região Autónoma da Madeira Indefinido

Atualizado 11/02/2022

  • Boa oportunidade profissional
  • Empresa de referência no mercado

Sobre o nosso cliente

O nosso cliente é uma referência no mercado enquanto empresa de fiscalização e consultoria em construção com presença em diversas partes do território nacional.

Descrição

  • Desenvolver as ações necessárias à Coordenação de Segurança em Obra, nos termos legais e de acordo com as exigências contratuais com o Dono da Obra;
  • Garantir a interação funcional com os outros órgãos da Equipa de Fiscalização, particularmente, com o Diretor de Fiscalização, para cumprir e fazer cumprir todos os procedimentos em vigor no contrato de Fiscalização;
  • Verificar, em campo, o cumprimento das normas de segurança;
  • Coordenar, controlar e impulsionar a implementação do PSS da empreitada, nos termos da legislação em vigor, informando o pessoal do empreiteiro no sentido de garantir a execução dos trabalhos em condições de segurança;
  • Inspecionar o estaleiro da obra montado pelo empreiteiro e verificar o equipamento quanto à sua operacionalidade e segurança e o quadro de pessoal posto na obra, de acordo com o que foi proposto pelo empreiteiro no plano de trabalhos e no PSS;
  • Realizar, mensalmente e sempre que necessário, relatórios descrevendo as condições de segurança e o cumprimento das regras estabelecidas, devendo previamente ser assegurada a existência do respetivo Manual de Segurança a cumprir por todos os trabalhadores;
  • Controlo das condições de segurança dos trabalhadores, garantindo o cumprimento das normas de segurança da obra;
  • Efetuar inquéritos e análises pormenorizadas sobre todos os acidentes ocorridos, causa de danos humanos e/ou materiais. Elaborar notas informativas e disposições sobre as condições de segurança e saúde da obra;
  • Apreciar e emitir comentários e recomendações em relação à Compilação Técnica apresentada pelo empreiteiro no fecho da empreitada;
  • No desempenho das suas funções, o coordenador de segurança e saúde em obra deverá ter em conta o disposto no Decreto-Lei n.º 273/2003, de 29 de outubro, e outra legislação aplicável.

Perfil ideal

Formação em Engenharia Civil;

CAP de nível 6 de Técnico Superior de Segurança no Trabalho

Mínimo de 3 anos em funções de Coordenador de Segurança em Obra (CSO) em obras rodoviárias;

Mínimo de uma obra rodoviária na qual atuou como CSO, comprovada por Declaração Abonatória do Dono da Obra, que inclua uma das seguintes soluções:

Estrutura de betão armado pré-esforçada;

Estrutura constituída por laje de cobertura em betão armado;

Tratamento de um talude, em betão projetado e pregagens em varão de aço.

Vantagens

Oportunidade de crescimento em empresa sólida no mercado.

Pesquise mais Ofertas
António Costa
Quote job ref
JN-122021-4551731

Resumo da Função

Setor
Construction
Subsetor
Construção
Indústria
Property
Localização
Região Autónoma da Madeira
Tipo de contrato
Indefinido
Nome do Consultor
António Costa
Referência da Oferta
JN-122021-4551731

Na Michael Page, acreditamos na Diversidade e Inclusão. Defendemos a igualdade de oportunidades sem discriminar por género, raça, ideia, religião, orientação sexual ou qualquer outro aspeto que possa ser considerado discriminatório ou de exclusão.