You are here

Os Portugueses Estão Mais Confiantes

Todos os trimestres, o Índice de Confiança Laboral da Michael Page realiza uma análise sobre os níveis de confiança dos candidatos no que concerne a procura de emprego em todo o mundo, bem como sobre a sua perceção geral da economia, potencial de crescimento e novas oportunidades. O estudo referente ao último trimestre de 2016 (Q4) mostrou sinais positivos para Portugal:

A Geração Millenialls está a ajudar a moldar a economia.

A confiança no mercado de trabalho em Portugal aumentou. No primeiro trimestre de 2016, o Índice de Confiança Laboral global de Portugal situava-se nos 40%. No último trimestre do ano, esse número subiu para os 42%. Como poderá este fato ser explicado?

Em particular, a Geração Millenialls, que representará a maioria da força de trabalho nos próximos 10 anos, afirma sentir-se mais confiante neste mesmo mercado.

Este aumento de 5% é importante, pois mostra que estes profissionais, percecionados como sendo mais exigentes que os colaboradores de faixas etárias mais elevadas, estão a ser ouvidos e a ter uma influência positiva nas empresas.

A Geração Millenialls tem tentado encontrar um equilíbrio entre a sua vida profissional e pessoal, fazendo com que as empresas tenham vindo a alterar as suas estratégias de Recursos Humanos. Essas mudanças são muitas vezes positivas, gerando uma maior flexibilidade e levando, assim, a uma maior produtividade. Além disso, a Geração Mileniall também exige uma carreira clara e concisa, com uma evolução clara, e isso reflete-se nos resultados. De fato, 63% dos Millenialls espera obter um aumento salarial, 84% acredita que vai desenvolver as suas capacidades e 74% espera vir a ter um leque de funções mais abrangente.

De acordo com o aumento da confiança, tem vindo a verificar-se que as empresas estão a adaptar-se lentamente, estando a alterar a sua política laboral e a refletir acerca da nova Geração, bem como da dinâmica de colaboradores.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística, o número de desempregados em Portugal em Novembro de 2016 foi o mais baixo dos últimos sete anos (10,5%). Este é mais um favtor que mostra que o mercado de trabalho está finalmente a começar a apresentar melhorias e talvez isso possa explicar o motivo pelo qual os profissionais se estão a sentir mais confiantes. Ainda é cedo, mas estes são sinais positivos, indicando que as empresas estão cada vez mais dispostas a investir nos seus colaboradores e a obter resultados positivos que reflitam essas mudanças.

Embora seja impossível determinar com precisão por que motivo os colaboradores se sentem confiantes, é difícil ignorar o aumento dos níveis de confiança, bem como a diminuição das estatísticas de desemprego.

Sente-se confiante para procurar um novo desafio profissional? Consulte as mais recentes oportunidades no nosso website.